domingo, 15 de julho de 2012

Laiá laiá



FODA-SE VOCÊ E AS SUAS OPINIÕES DE MERDA SOBRE MIM.

Frase do dia.

E no final estamos sós... E quase sempre fodidos.

Música do dia



Aceita um café?

...


Não sei mais onde estou.
‘’Não sei’’ já se transformou no que mais digo,
Não sei porque.
Eu vou dizer o que me vem a mente.
Entende? Como me sinto só?
Por as vezes, muitas vezes só ouvir.
Já me desacostumei a dizer como me sinto
Nunca saí as coisas certas.
Ou então coisas audíveis e compreensíveis.

Mas por enquanto que organizo o que irei dizer
Não sei quando, não sei a quem
Pode falar que eu to ouvindo.
É disso que todo mundo precisa.
De  um olhar calmo, de um sorriso pleno.
De palavras ternas, de silêncio. Shhh!

Frase do dia


E a cada dia que passa me sinto mais distante, mais sozinha.

E lá vamos mais uma vez.


Largue aquelas roupas
que tão usadas, estão rasgadas
E com o formato já conformado
De ser assim.
Esqueça aqueles que te aborrecem
Esqueça aquelas mesmas escolhas
que sempre o levam pro mesmo lugar.

Eu sei e não sei mais.
Expectativas resultam em iguais resultados, sempre errados.
Então jogue fora.
E se nada melhorar
E se tudo piorar?
Então sorria pro vento
Que ele sempre volta
Pra te tocar.
E lá vamos nós.
As vezes cegos, as vezes tortos.
Tentar acertar,
Com nossos passos embreagos
E cansados de tanto andar.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Passo em falso.


... Naquele momento dei um passo em falso, e não senti mais o chão sob os meus pés. Nem nada por perto que pudesse servir-me de apoio. Estava caindo no vazio, tudo era apenas segundos que se passavam ao meu redor, arrancando-me a noção do tempo e aumentando a cada metro o meu medo. Eu nunca na minha vida sentira algo tão forte dentro de mim como esse medo do que se aproximava - O que deveria fazer agora? - O tempo corria, e eu precisava fazer algo, era necessário. Sabe se lá onde eu pararia, onde a minha queda me levaria. Todos dizem que sempre que se caí, a força que se esvaí volta ainda maior. E em uma parte eles estavam certo, ela ficara para trás, a minha força. Não conseguia me mexer o que esta havendo? Só pode parecer um pesadelo, é um! Eu posso acordar!


 As nuvens ao meu redor começaram a tampar minha visão, o céu escureceu, era como uma tempestade surgindo do nada. A adrenalina fazia com que meu coração disparasse, ouvia apenas o som de sua batida ensurdecedora, o vento da tempestade que machucava minha pele, e a escuridão que cobria meus olhos. Onde estou agora? A luz retrocedeu e a escuridão deu lugar ao pôr-do-sol ou amanhecer, não conseguia diferenciar.  Consegui perceber apenas um tom de laranja. Os meus olhos secos e minha cabeça que latejava não me deixavam raciocinar direito. Estava caindo levemente como uma pluma no ar, caindo numa imensidão verde, apenas borrões. Eu ia bater em algo... - Despertador tocando às 5:30 - Abri meus olhos secos com dificuldade, olhei ao meu redor sem noção de onde estava e que se estendeu alguns minutos. Meu coração acelerado, meu corpo ofegante, minha cabeça doía. Precisava desligar aquele som ensurdecedor, percorri minhas mãos sobre os lençóis até acha-lo e cala-lo. Segundos olhando para o teto, o rosto morno pelo sol que entrava pelas janelas. Esquecera as cortinas abertas na noite passada e o sol calmo deitara sobre meu rosto ainda sonolento e enxado. Aos poucos a realidade tomava conta dos meus pensamentos, na verdade eles só despertaram, pois sempre estiveram ali, me dizendo o que fazer. Mas meu corpo em súbita rebeldia, continuou ali, na cama, ainda sentindo um sopro da queda, que se estendera a realidade, levando minhas forças e deixando-me apenas um corpo deitado que expulsava qualquer chance da razão fazê-lo sair dali e sobreviver em sua rotina.

Porque essa sensação? ... No fundo eu sabia o porque, mas não queria admitir trazendo tudo de volta. E sobre as minhas forças, elas ainda não voltaram. Acho que é isso, meu corpo as esperando,  assim como tendo mais tempo pra que minha cabeça invente mais mentiras como desculpa.





(Trecho tirado de alguns rascunhos guardados de minha autoria).

domingo, 1 de julho de 2012

Frase do dia

''Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. É uma vitória secreta, sem testemunhas. Os adversários somos nós mesmos.''

(Martha Medeiros)

A imagem de hoje é


Minha mente

Música do dia.

Ainda bem...

Estou cansada de ouvir falar sobre amor. Na verdade estou cansada de tudo, mas por mais que durma, que não me mexa e respire lentamente, esse sentimento só aumenta e eu estou sufocando. Meus gritos não fazem efeito, mau posso pedir por ajuda. Ainda bem que meus dedos ainda conseguem deslizar por essas teclas frias, numa tentativa inútil de retirar-me porcentagens do que me aflige e reorganizar a minha dor sem justificativa aparente ou não. Ainda mau, só pra constar.

Sentir.

Tumblr_m68fm0y7xu1qkf1b6o1_500_large
Não gosto do jeito como eu mesma me faço sentir. Parece que toda essa angústia que sinto é injusta, sem motivo. Tenho tudo, tudo que jamais pensei em ter. Porém, sinto como se nada fizesse sentido, pois quase nada é sentido, até mesmo o calor do toque é quase, nunca sinto-o totalmente agora.

Sinto-me fora de mim, como se a alma se esvaísse e o frio adentrasse. Tudo que parece completo quando chega até a mim é metade, me falta. Preciso sumir, não ver rostos amigos, conhecidos. Cobrir os espelhos da casa, desligar a tv e silenciar o barulho a minha volta. Sentar-me na areia da praia e olhar pro nada. Deitar-me sob a luz da lua e deixar ela deitar sobre mim. Andar descalça na terra úmida, sentir a brisa soprar meu rosto, um rosto livre de qualquer vestígio de maquiagem, de fingimento, de sorrisos forçados. Fechar os olhos e ouvir-me, meus pensamentos sem nexo, aqueles que enterrei, os que deixei pra mais tarde e nunca ouvi, os que ouço repetidas vezes, quero todos, quero a mim, quero encontrar-me outra vez,  sentir-me bem vinda no meu próprio corpo e não uma intrusa, uma maldição.

Preparando-se para o inevitável.


Talvez eu saiba onde eu estava pisando o tempo todo. Talvez eu saiba bem em que parte das minhas escolhas fechei meus olhos para as consequências que estavam óbvias, bem ali na minha frente piscando como um sinal de alerta. Meu egoísmo, meu anseio por tudo. E agora? Como controlar tudo isso que está a minha volta? Como controlar o resultado catastrófico e inevitável que está por vir. Como uma onda de um azul escuro que só cresce a medida que me afasto ou que me aproximo, ela está ali se contorcendo em movimento lento na minha direção, a ponto de quebrar sobre a minha cabeça. E não há como fugir, já é tarde demais.

Talvez meu sentimento de culpa e de angústia seja isso, meu corpo se preparando para o inevitável, envenenado-me com tristeza que eu finjo não saber de onde vem. Talvez assim, depois que a onda retornar para o mar e se transformar em águas tranquilas, ainda reste algo de mim, uma parte que absorveu do meu próprio veneno e criou o antídoto. Aquele pequeno fogo que ainda aceso de maneira quase imperceptível estará lá, pois já morri, mas ele como dizem é o último: minha esperança.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Frase do dia.

Se eu errar que seja por muito, por amar demais, por me entregar demais, por ter tentado ser feliz demais.

(Clarice Lispector) 

Teorias sobre mim.

Depois do auge da raiva, vem a calma.
Essa teoria explica a minha tristeza sem explicação?

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Pessimista.


Estou acostumada a decepção. Cair e levantar, e quando amar, esperar por nada.
Seguindo sempre as regras: Amar por um. Sofrer por um. Esquecer de um e lembrar de mim. Depois esquecer-me das promessas sobre não repetir o mesmo erro. Pois é, amnésia de pessoas masoquistas da alma.

Música do dia

True Story.

532208_459095470774802_1295114138_n_large
É tão difícil de entender, é quase tão difícil de acreditar. Será?
Perdão, pelo meu pessimismo existente em todos os meus textos, contextos, sorrisos. Eu sou daqueles que acham que depois do sol vem chuvisco, chuva, tempestade e um arco-íris pra aliviar meus olhos e mais chuva forte. Tenho receio de entregar-me, de aprender a gostar e -TIBUM!

Daí aparece você, e me vejo quebrando todas as minhas regras internas.

sábado, 16 de junho de 2012

Música do dia.

Convença-se e então concentre-se em ser feliz.

Tumblr_m5mhzltigw1qgn6feo1_500_large
É preciso que nos convençamos que a nossa felicidade não se perdeu em algum lugar do passado, nem está escondida em algum canto do futuro. Ela está aqui e agora, já é nossa, mas nós não a vemos, tão absortos que estamos olhando muito à frente ou muito atrás de nós mesmos.  (Autor Desconhecido).

Aí esta o segredo...

E9ba6120a5ec8e1925d492409b36c51a_large
Ela estava pensativa. Calada, olhava para o chão.

- Porque está tão calada? - Sua amiga lhe pergunta.

- Não sei. Estou confusa...

- Novidade! - Sorriu - O que te aflige?

- É que eu não me sinto feliz.
 Eu sei, parece egoísta e uma bobagem. Mas não sei que caminho tomar pra ser feliz. Porque é tão difícil?

- Deixa eu te contar um segredo, que não é bem um segredo, é bem óbvio.
Não existe um caminho pra a felicidade. A felicidade é o caminho sua boba... Pra ser feliz, é só tomar consciência disso, é sorrir e estar aberta a ela.

Amar aos poucos.

Tumblr_lpx01hgc4q1qd2vkqo1_500_large
Hoje em dia eu não espero por um amor. Eles parecem nunca aparecer, e quando aparecem destroem a sua vida, auto-confiança, auto-estima e orgulho.

Não quero amar alguém de primeira, me apaixonar de repente. Quero alguém que se importe comigo, me conquiste a cada dia, e que esteja comigo pra somar, compartilhar e me respeitar. Saber que nenhuma história de amor é perfeita, que existem defeitos e qualidades.

 O amor que eu quero pra mim, é o meu amor próprio, é um amor que eu construo em forma de confiança com os meus amigos, é o amor que eu busco transmitir em minhas ações, e se o amor se alojar de novo em mim, que seja construído com o tempo: forte, maturo, e que me faça rir mais, do que chorar.

Se não for assim, a esperança me manterá de pé enquanto espero. Mas enquanto isso vou viver.

...

Quer saber?

179926_409930592384981_1258603372_n_large

Não existe essa porra de final feliz pra mim! Porque eu quero ser feliz a vida inteira!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Necessidade.

547361_431607890207547_1427041057_n_large
Tudo o que eu precisava a minutos atrás era de um abraço. Agora preciso de uma boa dose de vodka.

Esse será o meu último texto sobre você...

Tumblr_m1yzwhkcnh1qefzxxo1_500_large

Sinto-me perdida entre o querer e cautela. Entre o desejo e a ilusão. Sinto-me como uma idiota, sendo jogada de um lado para outro como se fosse um brinquedo, sem sentimentos, por um coração que ainda guarda esperanças.

É hipócrita prometer e descumprir. Sei que mesmo que prometa, a quebraria em mil pedaços mais cedo ou mais tarde. O segredo é, mante-la o mais afastado possível e por mais tempo que conseguir do meu sentimentalismo, e retardar o que é inevitável, o meu sofrimento.

Tudo é belo, por enquanto que a realidade não conseguiu invadir meus sonhos. Ops!




domingo, 10 de junho de 2012

Canções de outrora.


Tumblr_m5214lckcs1rwzwlvo1_500_large
Ele lhe mandou uma carta.
Dezenas de canções de amor.
O amor nos tempos de outrora.
Encantou-lhe, e arrancou
O sorriso mais bonito.

Dezenas de versos de amor,
Encheram seus olhos de lágrimas.
Compartilhou então o que tanto guardou,
Sem nem mesmo pensar.

Pra que dividir-se em alguém?
Se podem somar?
Só de olhar, só de ver.
Perceber é o que ela tem feito.
Esse amor, lhe faz sentir
Tão feliz, tão completa,
Tão dona de si.

O som que agora ela ouve,
É a batida dos corações.
Canções que ele canta ao seu ouvido.

Aprendendo a não se arrepender...

582438_390884747615569_1791570391_n_large

Frase do dia.

539872_347425828663203_2019876846_n_large 

Pode parecer difícil as vezes, mas faça todas as coisas com amor. Garanto-lhe que assim o sentimento de paz lhe tocará mais cedo ou mais tarde. E acredite! É uma das sensações mais maravilhosas que sentirá.

Música do dia.

Dica do dia:

540507_318256391592951_1831063370_n_large

Eterna criança...

Tumblr_m55t9taual1qhejvho1_1280_large
Certo dia, relendo alguns textos antigos meus, me peguei a vagar por pensamentos rápidos que quase não consegui acompanhar. O que estava acontecendo comigo no dia que escrevi este texto?

Meus sentimentos confusos de pessoa em busca da maturidade que me escorrega entre as mãos, até que enfim eu consiga encontrar uma maneira de tê-la sempre por perto, pra reger minha vida são sempre um dos que me levaram a escrever muito dos meus textos.

Maturidade! Pequenos erros, que evitam grandes mais tarde. Primeiro amor, paixonites agudas, carência, ilusão, promessas quebradas, realidade que destrói as porcentagens de esperança que meus sonhos possuem, compromissos inadiáveis com as responsabilidades, e comigo mesma. Digo, tenho que a aprender a me auto entender, confrontar, mudar. Tenho medo de crescer, mudar e esquecer de detalhes cruciais que me fizerem escrever aquilo, fazer aquela escolha. Entender o porque de como vim parar aqui e ser quem sou.

Na verdade acho que nunca deixamos de sermos imaturos, de sermos crianças. Apenas que para sobreviver nesse circo, ou nesse teatro, como queira. Aprender a fingir é crucial. Fingir que somos donos de nós mesmos, e que sabemos as respostas para tudo.

'' Você culpa os seus pais por tudo, isso é um absurdo.
Eles são crianças como você, o que você vai ser quando você crescer...'' (Legião Urbana)

sábado, 9 de junho de 2012

Saiba como viver...


Frase do dia.

...E no final assim calada eu sei que vou ser coroado rei de mim... (Los Hermanos)

Frase do dia.

Tumblr_m5a7l1jgbv1qkd2bvo1_500_large
- Só vale a pena lutar por aquilo que te faz bem.
- Quem te disse isso?
- Não foi ninguém quem disse, a vida me ensinou.
...

Música do dia.

Não se pode fazer nada...

307076_377702278953061_1634272988_n_large
Nós apenas temos o poder de mudar as nossas vidas...Conselhos podem até ajudar, mas apenas serão de alguma forma eficazes quando o objeto dele estiver apto a segui-lo, ou ouvi-lo.

As coisas parecem bem mais claras para aqueles que não estão envolvidos diretamente ou aqueles que só sabem de uma versão da história.

Mas lembre-se, é preciso maturidade para distinguir em nosso julgamento a razão e a emoção. É difícil, eu sei. Quando alguém com que compartilhamos laços, se desfaz ao alcance de nossos olhos, é quase automático tentar defendê-lo, salva-lo, juntar seus pedaços. Mas será que este quer se ajudado? Devemos respeitar a sua decisão, ou obriga-lo a revê-la?

Podemos conversar, brincar, pedir conselhos sobre nossas escolhas para outra pessoa. Mas no final, seremos só nós, que iremos decidir o que fazer. Nos machucar, esperar sentado, ou pedir ajuda.

Seja qual for a sua decisão amigo, quero te ver feliz.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Compromissos inadiáveis.

270708627571605833_7vova2ak_c_large


Nada é o que é, ou o que parece, ou o que tenta.
As minhas pernas firmes no chão tropeçam.
Minha boca fala sem pensar, meu pensamento é um equívoco.
É certo, errado, hipócrita, é um vácuo.
Está em movimento, está parado.
Minhas soluções só me arranjam problemas,
Pois é, meu silêncio não quer dizer que estou em paz.

Tenho medo de achar que tenho certeza.
Pois quase sempre é certo.
Certo que certamente se desmanchará.
E que logo outra aval a substituirá.

Amo quem já não me ama,
Sinto quando já me passa.
Ser chata, ser boa, má, sorrir, falar, esperar, observar.
Fingir, é algo no qual estou ficando cada vez melhor.
Fingir que estou bem, fingir que não me importo.
Ou fingir que me importo, porque não?

Palavrinha mágica do dia.


Sem julgamentos, apenas decidi...


Não posso te julgar, pois contigo vivenciei um breve momento.
Mas o que vi, me fez perceber, mesmo que tarde, que a pessoa pelo qual me apaixonei não estava ali. Talvez a ficha só demorou a cair, porque o teu jeito de andar continua o mesmo, mas o caminho por onde tu andas se perdeu a minha vista. Os teus olhos que continuam a fazer meu coração entrar em choques permanentes e teus objetivos de garoto sonhador  já não apontam para as mesmas direções.

Gostava do teu jeito ingênuo, teu sorriso tímido, tuas opiniões e pensamentos complicados, o teu jeito de enxergar aquilo que até então não pairava ao meu alcance, tuas manias chatas, até mesmo elas tinham o seu charme. Mas agora, que tudo mudou, decidi que é melhor te guardar aqui no peito como uma lembrança bonita de uma história sem começo.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Música do dia.



E pra não sair da rotina...

Pois é!



''Amigo é aquele que sabe tudo a seu respeito e, mesmo assim, ainda gosta de você.'' 

Outra lei universal que você não sabia...

...Mas que com certeza já vivenciou e ainda continua vivenciando.

Ai, ai como eu sou engraçada...


We don't care!

Embora eu tenha a necessidade inútil de desabar minhas neuras em algum coitado que se disponibilize em me ouvir, é algo pelo qual evito o máximo passar. Pois ninguém quer ouvir. Sério! Ninguém está preocupado com o seu coração desbotado, ainda incompleto. Ou se você se senti angustiada com algum acontecimento do dia, se seu cachorro está doente, se seu chefe te deu uma bronca, se você brigou com alguém no trânsito, ou se atrasou, ou está feliz por ter conseguido passar numa prova importante. Ninguém liga.

Lembrete: Ler isso todos os dias!

Frase do dia.

''Não existe destino. As coisas só vão acontecer se você tirar essa bunda do sofá e correr atrás, ou seguir em frente.''

...


...Eu sei e nem assim se pode evitar.''
(Los Hermanos)

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Música do dia.

Foto do dia.


Versos do que já foi.

Naquele dia, eu tentei maquiar, esconder de mim.
Talvez assim fosse menos doloroso no fim.

Quem era você?
Que você um dia foi, não é.
Deu pra perceber.
Que os anos te afastaram do que eu descobri.
Aquele jeitinho que foi feito só pra mim, nas estrelas.
Mas, o que te fazia único se foi.
A tua essência de menino.
E nós dois, agora somos cada um em seu lugar.

(Thamires Sales)

domingo, 3 de junho de 2012

Trechos.

''...Vocês vão aprender que nessa vida
não se pode mais errar
Vão descobrir que entre as estrelas e o chão existe o mar
Aí então a euforia, um belo dia, vai passar
E cairá sobre seu mundo, num segundo, a traição
Deixa estar...''

Los Hermanos - Deixa estar

Música do dia.




''É bom as vezes se perder, sem ter porque, sem ter razão. É um dom, saber envaidecer, por si saber mudar de tom. Quero não saber de cor também...''

sábado, 2 de junho de 2012

Sem sentido e ponto.



Eu sei que nada irá mudar entre nós.
Eu abri para ti meu coração e você nada fez.
Palavras fugiram da tua boca, e até agora cadê?
Eu sei que nada irá mudar entre nós.
Mas como controlar o ciúme pelo que não é meu.
Minha mente que agora enlouqueceu
Da razão que se perdeu, e até agora cadê?

Li um dia que se ele gosta de você
Vai te responder, te buscar.
Se te amar, de alguma forma desmonstrar.
Mas como dizer isso e parecer convicto
A um coração que não quer ouvir.

Daí a história que nem mesmo começou
Te corrói, e com consentimento continua.
Milhões de desculpas.
Um dia isso te esgota, você não é mais criança.
Tem que aprender a sair da dança sem seu par.
Como cansa, dançar sozinha
Sem alguém pra te acompanhar.
Como cansa inventar mentiras
Adiar os dias, e sofrer calada.

Não é uma aval de culpa
São esses desencontros que a vida propõe,
E que a gente supõe, impõe, discorda.
Mas afinal das contas, não podemos optar.
Um exemplo disso é escolher quem amar.
Vida AVISO!
Problema no sistema,
Quem eu amo, não me ama.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Mar de calma.


Veiu e foi,
Tão calmo, e tão tranquilo.
Veiu e foi,
Enquanto observava o ir.

A brisa que soprava na direção do mar.
Te levou, e me deixou à desejar um beijo.
O calor do final da tarde,
e o pequeno sol ao longe deitar.
Você veiu como essa mesma brisa,
Devagar, e logo se alojou.
Acariciou minha alma, e despertou.
O que eu nunca senti.
O som da tua voz, é o som das ondas.
Que acalmam meu coração.
Contigo me sinto em paz,
Posso rir, e me mostrar por inteira.
Falar asneiras, ser verdadeira.
Até chorar, mais para que chorar?
Se tu é um dos motivos pelo qual sorrio.
Es o primeiro que penso ao amanhecer,
Es o último ao anoitecer.
Es o meu mar de calma.

(Thamires Bezerra).

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Fotos em movimento.




Cabelos ruivos. (Curiosidades)

Existem muitas curiosidades sobre diversos assuntos, dos mais simples e cotidianos aos mais complexos. E como o ser humano é curioso desde que o mundo é mundo, porque não aproveitar disto e falar sobre? Faz um tempo que a tag curiosidades da história não aparece no blog, e vou tentar vir aqui sempre que tiver um tempo disponível pra fazer posts legais e bem elaborados.


Hoje eu vou falar sobre cabelos ruivos! Todo mundo sabe que o vermelho é a cor da paixão, do pecado não? Pois então existem várias histórias sobre isso.

Eva era ruiva!

Pois bem, você com certeza já ouviu falar sobre Adão e Eva não é mesmo? A Eva era representada por uma mulher de cabelos ruivos. Na época na qual caçavam-se bruxas, mulheres com cabelos ruivos eram consideradas bruxas e mortas. Uma mulher ruiva na Idade Média era impura, cheia de pecados, pois na história a mulher (Eva) que incentivou Adão a comer do fruto proibido.

Mais um pouco da Idade Média.

- Ruivos eram vistos como pessoas de temperamento tempestuoso e perigoso, pouco desejável numa mulher.
- Pensava-se que ruivos poderiam virar Lobisomens, e muitos crussificavam estes.

Romanos, Egípcios e Germânicos. 
- Na mitologia grega pensavasse que quando morria um ruivo, este virava vampiro.
- Os antigos egípcios sacrificavam homens ruivos, enterrando-os vivos. Porque ruivo era associado ao Deus Seth, da desordem, violência, traição... Somente Ramses II foi uma exceção.


Fadas e Seres.

No final do reinado da Rainha Elizabeth generalizava-se a crença em fadas como lindas mulheres com vastos cabelos ruivos.

Era Vitoriana.

Perpetuava-se a repudia aos cabelos avermelhados (ruivos). Que, no entanto, eram retratas por diversos artistas. Nesse período se torna clássica a representação de mulheres de cabelos ruivos e olhos azuis ou verdes.



Sobre o blog: Desculpem os dias sem posts, desativei um pouco pra ter tempo para dedicar aos estudos, estava super apertada, a vida meio corrida. E manter um blog com conteúdo é algo bem difícil, precisa de tempo. Mas sempre que eu tiver eu venho postar.


Links que ajudaram o post.